topo 1
Desfiliação

Ex-prefeitável, Artur Bolinha anuncia desfiliação do PPS

O empresário campinense Artur Bolinha, anunciou, pelas redes sociais, desfiliação do Partido Popular Socialista (PPS), que será rebatizo de Cidadania.

10/04/2019 06h56
Por: Redacao
Fonte: Paraíba Debate
123
Artur Bolinha (Foto: Ascom)
Artur Bolinha (Foto: Ascom)

O empresário campinense Artur Bolinha, anunciou, pelas redes sociais, desfiliação do Partido Popular Socialista (PPS), que será rebatizo de Cidadania. Na publicação feita no último domingo (07), o ex-candidato a prefeito de Campina Grande, afirma que a decisão é de fora intimo.

“A desfiliação ocorre em função de uma decisão de foro pessoal, sem desentendimentos. Deixo muitos amigos e colegas cultivados ao longo desses anos, como o ex-presidente estadual da legenda, Nonato Bandeira, homem integro, que me deu total apoio nas duas oportunidades em que coloquei meu nome a disposição para as disputas eleitorais. Agradeço também ao presidente municipal do partido, Laerte Mello, que sempre me encorajou a encarar os desafios que envolvem todo o processo eleitoral”, publicou.

Bolinha, em 2012, disputou a Prefeitura da Rainha da Borborema pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), obtendo pouco mais de 6 mil votos. Em 2014, chegou a ser lembrado para vice do então governador Ricardo Coutinho (PSB). No pleito municipal de 2016, já pelo PPS, em uma composição com o Partido Verde (PV), conquistou 15,539 votos, ficando em terceiro lugar.

Em 2018, defendendo o fim dos privilégios para o cargo de deputado estadual, foi candidato, porém, sem sucesso.

Artur, após três insucessos eleitorais, ainda não se pronunciou se disputará outras eleições, embora seu nome já seja lembrado para composições no campo oposicionista ao atual prefeito Romero Rodrigues (PSDB), em 2020.

PPS EM BAIXA

A saída de Bolinha não é único fato negativo dentro do PPS. Nonato Bandeira, se desligou da função de presidente estadual da sigla, dando espaço para o vice Ronaldo Guerra. Bandeira é considerado no meio político um ótimo articulador. E, mais recententemente, a condenação do deputado João Bosco Carneiro por improbidade administrativa ainda à época em que era prefeito de Alagoa Grande.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários