topo 1
DESMATAMENTO

AMAZÔNIA: Macron acusa Bolsonaro de mentir e se opõe a acordo Mercosul-UE

França, Irlanda e Reino Unido já declararam preocupação com o aumento do desmatamento e do número de incêndios na Amazônia, sob o mandato do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

23/08/2019 14h19
Por: Redacao
Fonte: Paraíba Debate / Metrópoles
144
Foto reprodução
Foto reprodução

França, Irlanda e Reino Unido já declararam preocupação com o aumento do desmatamento e do número de incêndios na Amazônia, sob o mandato do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em resposta, os países europeus ameaçam bloquear acordos econômicos. O governo francês disse nesta sexta-feira (23) que Bolsonaro mentiu durante reunião do G20, ao assumir compromissos em defesa do meio ambiente.

O encontro do G20 ocorreu em julho deste ano e o presidente Emmanuel Macron já havia declarado preocupação. Agora, a França diz que a posição do mandatário brasileiro inviabiliza a ratificação do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul.

A Irlanda afirmou que vai bloquear a implantação do pacto caso o governo brasileiro não atue para combater os incêndios na Amazônia. “Não há nenhuma chance de votarmos a favor se o Brasil não honrar seus compromissos ambientais”, escreveu o primeiro-ministro Leo Varadkar, em comunicado no fim da noite dessa quinta-feira (22).

O presidente sinalizou que vai assinar uma ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) das Forças Armadas para combater incêndios na Amazônia. Mas ele disse que o problema para esta força-tarefa é o dinheiro.

“A tendência é essa, a gente fecha agora de manhã”, declarou o presidente ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta sexta-feira. Bolsonaro evitou falar com a imprensa na saída, conversa que tem sido rotineira nos últimos meses, e seguiu para o Palácio do Planalto.

Fonte: Metrópoles

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários