topo 1
TRABALHO

“Prefeito de Areial realiza obras e não inventa desculpas de perseguição, ele faz porque é responsável”, diz Adriano Galdino

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) disse que o prefeito de Areial, Adelson Benjamin, é um exemplo para o Estado e até para o Brasil por realizar várias inaugurações e trabalhar pelo seu município, sem reclamar e culpar a gestão estadual.

19/08/2019 09h11
Por: Redacao
Fonte: Paraíba Debate
100
Foto reprodução
Foto reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) disse que o prefeito de Areial, Adelson Benjamin, é um exemplo para o Estado e até para o Brasil por realizar várias inaugurações e trabalhar pelo seu município, sem reclamar e culpar a gestão estadual. Mesmo sendo oposição ao governo, o gestor não transfere responsabilidades e realiza seu trabalho.

“Enquanto muitos prefeitos só sabem reclamar e culpam o governo, Adelson nunca teve apoio do governo e está aqui fazendo obras e realizando várias inaugurações de obras e ações importantes para toda a população”, disse.

O presidente da ALPB destacou que “quando se tem compromisso e se trabalha com responsabilidade, o dinheiro rende, mas quando se faz maracutaias e apadrinhamentos, o prefeito inventa mil desculpas”.

Já quando o gestor é trabalhador, o município avança. “Parabéns Adelson, que outros prefeitos se espelhem em você deixem de inventar mentirar e justificar a falta de ações com desculpas de perseguição. Me sinto orgulhoso de estar aqui e ser seu parceiro político. Isso é gestão, compromisso com o povo. Enquanto alguns prefeitos da região dizem que o governo atrapalha, para justificar a falta de obras, Adelson aplica o dinheiro com a gestão e tem planejamento e organização e é por isto que as coisas aqui acontecem, porque tem uma gestão responsável e equilibrada”, disse.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários