topo 1
NOVO CHUPA-CABRA

NOVO CHUPA-CABRA: moradores de Alagoa Nova e Matinhas se assustam com ataques contra animais; VEJA FOTOS

Moradores dos municípios de Matinhas e Alagoa Nova, no Brejo paraibano, estão apavorados com os relatos de supostos ataques sofridos por animais na zona rural.

30/07/2019 08h06
Por: Redacao
Fonte: Blog do Margio Rangel
131
As ovelhas foram atacadas por uma criatura misteriosa, diz proprietário — Arquivo Pessoal
As ovelhas foram atacadas por uma criatura misteriosa, diz proprietário — Arquivo Pessoal

Moradores dos municípios de Matinhas e Alagoa Nova, no Brejo paraibano, estão apavorados com os relatos de supostos ataques sofridos por animais na zona rural. Segundo informações, um toque de recolher foi instaurado e ninguém sabe o que está provocando a morte dos bichos. Neste domingo (28) duas ovelhas foram atacadas no Sítio Geraldo, em Alagoa Nova. O relato foi publicado numa rede social.

“Gente olha o que  acontece aqui em meu sítio, que fica localizado no Sitio Geraldo. Parece ser uma coisa macabra, as ovelhas de meu pai e do meu irmão estão sendo atacadas por um animal que a gente não sabe qual. Hoje foram mortas duas ovelhas e a gente não tem noção de que bicho seja.

É como se fosse uma coisa diabólica. Isso tudo acontece no horário das 17 para as 18, fiquem atentos, meus vizinhos, uma pessoa aqui no Geraldo viu um grande bicho estranho a noite, como se fosse um homem com uma grande capa preta andando como se fosse um animal. Então vamos ficar atento em sair a noite de casa [sic.]“, alertou um popular Odailton Lemos no Facebook.

A população, apavorada, já está falando em ataque do chupa-cabra, uma criatura lendária que ficou conhecida no Brasil entre os anos 90 e 2000, com repercussão em programas de televisão em rede nacional.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários