topo 1
ESTUPRO

NO BREJO: acusados de estuprar deficiente mental são presos pela Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu suspeitos de cometer estupros nesta segunda-feira (10), em Belém e Sertãozinho, no interior da Paraíba.

11/06/2019 08h05
Por: Redacao
Fonte: Blog do Margio Rangel
119
A Polícia Civil prendeu suspeitos de cometer estupros nesta segunda-feira (10), em Belém e Sertãozinho, no interior da Paraíba.

Três vítimas foram identificadas pela polícia, dentre elas uma portadora de deficiência mental.

Em Belém, a polícia cumpriu um mandado de prisão contra José Ferreira da Silva. De acordo com o delegado Hugo Lucena, o suspeito é acusado de cometer atos libidinosos com a filha, de apenas 12 anos. Ele também cometeu estupro contra uma filha adotiva, portadora de deficiência mental. Os crimes, registrados em 2015, foram confirmados através de exames.

Em Sertãozinho, a polícia prendeu José de Carvalho Cândido, 26 anos. Ele é acusado de estuprar uma menina de 13 anos de idade, enteada do pai do acusado, identificado como Severino Teófilo Cândido, que também foi preso por cometer estupro contra a mesma criança. A mãe da vítima, Simone Rufino, foi indiciada por tentar prejudicar as investigações, tentando coagir a vítima a mudar sua versão dos fatos para inocentar o padrasto.

Os dois presos foram submetidos a exames de corpo de delito e encaminhados para unidades prisionais, onde permanecerão à disposição da justiça.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários